sábado, 18 de setembro de 2010

Olha as coisas que a gente descobre!...

Hoje, em mais um excelente convívio na Fábrica (que culminou no momento em que resolveram cantar-me os parabéns ao virar da meia-noite, aquela música que eu não suporto- vá, redimiram-se lá com os parabéns do Batatoon) não é que a Ana P., uma das meninas com trabalho, resolve anunciar que me praxou no dia da minha matrícula na UA?! Quer-se dizer, eu não me lembro da sua pessoa (se pensar um bocadinho e franzir os olhos acho que me lembro de algo, principalmente do verniz nas suas mãos a pintar-me os cascos e acho mesmo que não gostei dela :P), mas ela lembra-se perfeitamente de mim, inclusivé o namorado dela lembra-se de ela ter comentado o facto (a caloira com penas nas orelhas e camisa rosa e afins), reconheceu-me no 1º momento em pus os pés na Fábrica e só agora se digna a revelar-me tal coisa, é?! Ai a minha vida!! :P

O mundo é mesmo muito pequeno! O que vale é que és uma pessoa porreira, senão tínhamos o caldo entornado!

:D

2 comentários:

  1. Ohh Belinha... A modos que o dia da tua matrícula na grandiosa (cof cof) academia da UA, foi sem dúvida, no mínimo, memorável!!! Foste uma caloira única!! Mas também o digo que foste das mais engraçadas que praxei!!! És uma boa amiga!! beijinhos************

    ResponderEliminar
  2. E de mim a cantar o Noddy, lembraste?? =P

    ResponderEliminar

Peço que não deixem comentários anónimos.
Obrigada,
Anabela